I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS - Parauapebas

I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS

I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS I MOSTRA DE TURISMO E NEGÓCIOS DE PARAUAPEBAS

A I Mostra é um evento que se constitui num divisor de águas para o turismo do município de Parauapebas. Na data em que se comemora o dia mundial do Turismo, 27 de setembro, a recém-criada Secretaria Municipal de Turismo, com a chancela do governo municipal realiza o evento que talvez seja um dos maiores já realizados no norte do País.

O evento se constitui numa grande vitrine onde será mostrada a pujança de Parauapebas, a capital do minério como é conhecida, que vem se estruturando há alguns anos para se tornar uma referência turística em nível nacional, uma vez que possui grandes atrativos turísticos, e que já conta com quatro rotas turísticas consolidadas, Rota Carajás, Rota do Búfalo, Rota Indígena, Rota das Águas além do City Tour. E recentemente foi finalizado o projeto executivo da sinalização contemplando o braile,QR Code, e bilíngue, essa inovação, garante uma maior acessibilidade à todas as pessoas que visitam as rotas.

Apostando forte na sua vocação para o ecoturismo e turismo de aventura e lazer, a rota Carajás, em especial, brevemente irá ganhar um circuito integrado de arvorismo, tirolesa, trilhas suspensas e casas em arvores, que quando concluída, será uma das maiores do mundo. Outra novidade, que está em finalização do projeto executivo, é a pesca esportiva, uma atividade recreativa que irá proporcionar muito lazer aos visitantes que desejam conhecer os peixes da Amazônia que vivem na região.

Os projetos e mudanças estruturais criadas pela Secretaria Municipal de Turismo garantiram que Parauapebas subisse para a categoria B no Mapa de Regionalização do Turismo. Esta é mais uma grande vitória para o município que faz parte das seis principais cidades de visitação para o turismo dentro do polo Araguaia/Tocantins – o maior polo turístico em termos de extensão territorial e diversidade natural e cultural do estado do Pará.

A secretaria em seu primeiro ano de vida está implantando diversos projetos que compõe o trade turístico de Parauapebas, entre eles: a construção do Centro de Atendimento ao Turista já implantado; criação das Linhas Turísticas já aprovada a lei e dos já implantados Postos de Informações Turísticas, uma revolução que garante a informação precisa aos turistas em cinco postos espalhados estrategicamente pela cidade, além da criação do portal Visite Parauapebas, um canal online de comunicação para informar às pessoas sobre todas as experiências que podem ser vividas e sentidas no município.

Afora os investimentos realizados diretamente pela Secretaria de Turismo, o governo criou um Programa Municipal de Investimentos, o qual construirá uma série de unidades prediais, concebidas por uma decisão administrativa altamente visionária, que catapultarão o município a se tornar uma referência em smart city em todo o país e que irá consolidar o município como um verdadeiro polo turístico. Investimentos na ordem de R$ 1 bilhão proporcionarão a construção de várias obras: novo mercado municipal com estação de teleférico, nova rodoviária, centro tecnológico de gemas e joias, complexo multicultural, museu, um sofisticado teatro, uma ampla arena esportiva e o espaço Florindo o Mundo, para embelezar a cidade e empregar mil mulheres.

Todos esses investimentos estão transformando o turismo de Parauapebas em um novo destino capaz de transformar a vida de trabalhadores locais e de atrair cada vez mais turistas, que anseiam conhecer este novo centro do turismo nacional, e essa mostra turística e de negócios vem para prestar contas à sociedade sobre os recursos aplicados, pensando sempre num bem comum.


Compartilhe:
pt_BRPortuguês do Brasil

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

[forminator_form id="1158"]
Trabalhador de saúde, indígenas e quilombolas 17 de janeiro
Acima de 90 anos 08 de fevereiro
Entre 85 e 89 anos
Entre 80 e 84 anos
Entre 77 e 79 anos
Entre 75 e 76 anos
Entre 72 a 74 anos
Entre 69 a 71 anos